quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Como ser uma mulher sensual - a questão da estética.


"A estética social não se limita à aparência externa. Ela, na verdade, começa a tomar forma no âmago da pessoa." Christine Yufon.

A questão da beleza e da sensualidade varia conforme o padrão de beleza histórico. Os padrões podem se alterar, às vezes voltam, há modas que permanecem mais, outras são mais passageiras. Quando se fala em sensualidade existe todo um conjunto de posturas, modos de agir, falar, comportar-se que colobaram decisivamente para que uma mulher se torne sensual.
A questão da comunicação visual é importantíssima, não adianta a mulher ser linda e não ter coerência na hora de se vestir, não entender como deve se portar perante lugares, pessoas ou situações. A comunicão corporal e verbal também é relevante. Para que você se saia bem em determinadas situações segue-se abaixo algumas dicas e lembre-se - você não precisa ser uma deidade para chamar a atenção.
A autoconfiança é essencial, sinta-se bem. Cuidado para não se fixar nos chamados "pequenos defeitos" não raro são eles que nos diferenciam e nos deixam singulares e isso é bom. Não se incomode como eles e nem se sinta inferiorizada por isso. É recomendável você se conhecer, olhe-se no espelho, nua e/ou vestida, analise a roupa que cai melhor em você.
Note uma parte de seu corpo que é mais bonita, que chama a atenção. Ex: um bumbum proeminente, uma boca carnuda. Procure ressaltar esses seus atributos com coerência e leveza. Não queira usar um sortinho agarrado num lugar impróprio (cuidado com o seu conceito de lugar próprio) só porque seu bumbum é grande e bonito. Saiba como explorá-lo sem vulgaridade. Não esqueça, o que se destaca muito fica sem expressão. Mais interessante é um decote coerente se achar que seus seios são bonitos, um batom meio termo de modo que sua boca apareça mas não se destaque demasiadamente.
Além da questão da vestimenta, analise sua postura, a mulher tem naturalmente formas curvilíneas, seus movimentos devem refletir essa característica. A postura também pode refletir seu estado de espírito, ao se movimentar preste atenção, faça movimentos com firmeza e determinação. Mas nunca se esqueça, sempre com delicadeza e feminilidade. Por outro lado, você não precisa caminhar igual uma modelo e ter todos seus gestos impecáveis, seja normal e coerente, solta e não estrambótica, determinada e não mecânica.
Um outro passo refere-se a forma de se comunicar verbalmente. Você não precisa ser intelectual ou douta, mas necessita de articular as palavras de forma que as pessoas possam te entender. Tente falar menos e ouvir mais, mas não fique calada, pois que pode parecer que você é anti-social.

Referência.
YUFON, Christine. Toda mulher pode ser bonita: guia de valorização pessoal. São Paulo: Gente, 1998.

Recomendações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...